Música do Blog

Papadocks - A Bata...
Sábado, 27 de Janeiro de 2007

Bio de Triple H

Ficha técnica:

Nome – Paul Michael Levesque
Alcunha (s) – The Game; The Cerebral Assassin; The King of Kings; The Connecticut Blueblood
Altura – 1,93 metros
Peso – 118 kilos
Data/Local de nascimento – 27 de Julho de 1968, em Nashua, New Hampshire
Reside em – Greenwich, Connecticut
Treinado por – Killer Kowalski
Estreia – Em Março de 1992

 

Princípio de carreira

 Triple H foi treinado para lutar por Killer Kowalski. Ele fez equipa com um amigo de Kowalski, Perry Saturn. Em 1993, ele foi para a World Championship Wrestling (WCW), lutando como um Heel, com o nome de Terra Ryzin. Mais tarde, Levesque criou a personagem Jean-Paul Levesque, uma personagem construída em referência às suas origens francesas, e foi-lhe pedido que falasse com um sotaque Francês, como se não conseguisse falar mesmo essa língua. Com esta personagem, Levesque fez equipa durante pouco tempo com Lord Steven Regal (esta parceria seria referida por Regal em 2004, depois de Regal convencer Eugene a custar um IronMan Match a Triple H, frente a Chris Benoit). Ele deixou a WCW em 1995, para ir para a World Wrestling Federation.

 

World Wrestling Federation/Entertainment

 

De 1995 a 1997

 Como continuação da sua Gimmick na WCW, Triple H começou a sua carreira na WWF como o Connecticut Blueblood, Hunter Hearst Helmsley. Ele apareceu em vários vídeos em que falava de boas maneiras e etiqueta, até à sua estreia que aconteceu no dia 20 de Abril de 1995, no episódio do Wrestling Challenge. Mesmo tendo ele uma onda de vitórias impressionante durante os seus primeiros meses, a sua carreira quase que foi “estragada” durante 1996, começando por ser derrotado facilmente pelo Ultimate Warrior na WrestleMania XII. Até esse evento, ele aparecia na televisão cada semana com uma mulher diferente a acompanhá-lo. Sable era a sua Valete na WrestleMania XII, e depois da derrota para o Ultimate Warrior, ele soltou as suas frustrações todas nela, ao dar-lhe uma grande tareia. O estreante Marc Mero veio para a salvar e isto começou uma Feud entre os dois homens.

Helmsley era bem conhecido no Backstage como um dos membros do Clique, um grupinho de Wrestlers que incluía Shawn Michaels, Kevin Nash, Sean Waltman e Scott Hall, que eram conhecidos por influenciarem Vince McMahon e a Equipa Criativa da WWF. Helmsley conseguiria então vencer o torneio King of the Ring de 1996, mas foi suspenso e multado depois do “Incidente do MSG (Madison Square Garden)”, onde o Clique se juntaria depois de um combate entre Shawn Michaels e Diesel para dizer adeus a Nash e a Hall, que se iriam embora da WWE, e com isto, as personagens tinham quebrado as suas personagens.

Mesmo com este “castigo”, Helmsley teve bastantes sucessos depois do “Incidente do MSG”. De seguida, Mr. Perfect tornou-se no Manager dele e ele venceu o seu primeiro Intercontinental Championship no dia 21 de Outubro de 1996, derrotando Marc Mero. Quando Curt Hennig (Mr. Perfect) deixou a WWF, esta sua saída foi explicada como resultado de Helmsley virar as costas ao seu Manager logo quando ganhou o Intercontinental Championship. Ele teve o título por perto de quatro meses antes de o perder para Rocky Maivia na edição da Monday Night RAW de 13 de Fevereiro de 1997, chamada Thursday RAW Thursday. Por durante muito pouco tempo, Helmsley era acompanhado por Curtis Hughes, que aparentava ser seu guarda-costas. Depois de perder o Intercontinental Championship, ele rivalizou com Goldust, derrotando-o na WrestleMania 13. Durante esta Feud, Chyna estreou-se como a nova guarda-costas de Helmsley, atacando a mulher e Valete de Goldust, Marlena.

O Push de Helmsley subiu em 1997, quando venceu o torneio King of the Ring 1997 no dia 8 de Junho, derrotando Mankind na final. Mais tarde nesse mesmo ano, Shawn Michaels, Helmsley, Chyna e Rick Rude formaram a D-Generation X (este último cedo deixou o grupo, logo depois deste ser formado). Este grupo ficou conhecido pela sua controvérsia, quando Shawn Michaels e Helmsley faziam Promos arriscadas, também ao proferirem palavras insultuosas (como por exemplo, o conhecido “Suck It!”), por fazerem o sinal de uma cruz com os braços, e até mesmo por insultarem Bret Hart e o seu país, o Canadá. Nestes tempos, Helmsley deixou a sua Gimmick de “homem cheio de maneiras”, adoptando o nome de “Triple H”, mas mesmo assim alguns Wrestlers ainda o tratam por Hunter. Durante os tempos, Triple H gozava particularmente com o Comissionário Sgt. Slaughter, chegando a acusar este mesmo de ser impotente.

 

Em 1998 e 1999

 Depois da WrestleMania XIV, Michaels foi forçado a retirar-se devido a uma grave lesão nas costas sofrida na Royal Rumble 1998, e foi Triple H que tomou o lugar de liderança da DX. Ele introduziu X-Pac na noite a seguir à WrestleMania e juntou forças com os New Age Outlaws, equipa que era constituída pelo “Bad Ass” Billy Gunn e pelo “Road Dogg” Jesse James. Triple H então liderou a “DX Army” durante 1998; esta era a primeira vez que ele representava um Face na WWF, e depressa se tornou num dos seus mais populares Wrestlers do momento. Foi também durante estes tempos que Triple H começou a rivalizar com o líder da Nation of Domination e o crescente Heel da WWF, The Rock. Esta rivalidade levou também a que o título Intercontinental de The Rock fosse envolvido. Triple H derrotou The Rock num Ladder Match no SummerSlam 1998, para conseguir vencer o título pela segunda vez na sua carreira. Ele não iria reter o título por muito tempo, por estar com uma lesão no joelho. Quando The Rock conseguiu vencer o título de novo no Survivor Series 1998, esta rivalidade entre os dois continuou, mas era mais um guerra de equipas, e não individual, quando a DX lutava contra a Stable Vince McMahon’s Corporation, da qual The Rock era mesmo uma das grandes estrelas, senão mesmo a maior.

Triple H recebeu uma oportunidade pelo WWF Championship na edição da RAW de 25 de Janeiro de 1999, num “I Quit” Match contra The Rock, mas foi forçado a desistir ou Chyna levaria com um Chokeslam de Kane. Chyna atacou Triple H depois do combate e juntou-se à Corporation, traindo-o. Na WrestleMania XV, Triple H lutou como um Face, no seu último combate durante uns bons meses, derrotando Kane, com a ajuda de Chyna, que pensava-se que iria voltar à DX. Mais tarde nessa noite, ele traiu o seu antigo amigo e companheiro X-Pac ao ajudar Shane McMahon a reter o European Championship, tornando-se num Heel, ao mesmo tempo que Chyna fazia o mesmo. Esta decisão fez com que ele fosse dos mais odiados entre os fãs, e ajudou o caminho de Triple H em direcção ao WWF Championship. Então, Triple H juntou-se à Corporation, e durante algum tempo, tomou a mesma posição de destaque que The Rock tinha. De seguida, The Rock virou-se contra a Corporation e tomou o lugar de Triple H como um Face, subindo ao estatuto de preferido do público.

Depois de Triple H se tornar Heel nos inícios de 1999, ele retirou o seu Look “à lá” DX, cobrindo os seus punhos para os combates, vestindo-se de maneira diferente, com calções de banho curtos, e um corte de cabelo também mais curto. A sua imagem e personalidade mudaram enquanto que ele lutava por uma oportunidade pelo WWF Championship. Depois de numerosas tentativas falhadas para vencer o título, Triple H e Mankind desafiaram o WWF Champion Stone Cold Steve Austin numa Triple Threat Match no SummerSlam 1999. Num combate que continha Jesse “The Body” Ventura como o Special Guest Referee, Mankind venceu o combate ao fazer o Pin em Austin, tornando-se num tricampeão da WWF. Na noite seguinte na RAW, Triple H derrotou Mankind para vencer o seu primeiro WWF Championship.

 

Em 2000 e 2001

 Em Janeiro de 2000, Triple H começara a chamar-se a si próprio como o “The Game”, dizendo que ele estava no topo do Mundo do Wrestling, e também foi alcunhado como “The Cerebral Assassin” por Jim Ross (este tinha dito que “The Game” fora concebido para Owen Hart, até à morte trágica deste). Neste momento, ele já era um tricampeão da WWF. A sua Feud com Vince McMahon não foi lá muito bem recebida, mesmo com a escandalosa vitória de Vince sobre Triple H num episódio da SmackDown, vencendo assim o WWF Championship. Mesmo assim, esta pequena Feud começou a Story’Line chamada Hunter Hearst Helmsley – Stephanie McMahon, que aconteceu durante os dezassete meses seguintes, e este período foi conhecido nada mais nada menos como a “Era McMahon/Helmsley”.

Triple H então teve uma Feud com Mick Foley, que culminou num Hell in a Cell Match no PPV No Way Out 2000, e que também levou à “reforma” de Foley. Depois de Triple H ter feito o Pin a The Rock na WrestleMania 2000, numa vitória chocante (sim, pois era o primeiro Heel a sair da WrestleMania como o WWF Champion), ele era dos mais odiados na promotora, gerando grande Heat da parte do público durante as suas Promos e a sua entrada. Ele perdeu o título no Backlash para The Rock, mas voltou a ganhá-lo num IronMan Match no Judgment Day, mas perdeu-o de novo para The Rock no PPV King of the Ring.

Mais tarde, numa Feud entre Triple H e Steve Austin, a mesma culminou num Three Stages of Hell Match no qual Helmsley derrotou Austin. Em 2001, Triple H também rivalizou com Undertaker, que o derrotou na WrestleMania X-Seven. Mais tarde ele fez equipa com o seu antigo inimigo Austin para formar a Two-Man Power Trip, e venceu os WWF Tag Titles e também o Intercontinental Championship por mais uma vez na sua carreira.

O momento mais difícil da carreira de Triple H ocorreu durante o episódio da RAW de 21 de Maio de 2001, quando ele sofreu uma lesão legítima e que lhe podia acabar definitivamente com a carreira. No Main Event dessa noite, ele e Stone Cold Steve Austin estavam a defender os seus títulos contra Chris Jericho e Chris Benoit. Numa parte do combate, Jericho tinha Austin preso na sua manobra de submissão, a Walls of Jericho. Triple H correu para interromper a manobra, mas quando o fazia, ele rasgou o seu músculo quadríceps, o que causou que o mesmo saísse completamente do osso. Mesmo não podendo concentrar qualquer peso na perna, ele conseguiu completar o combate, algo que os fãs e os seus amigos Wrestlers viram como um admirável gesto de dedicação naquele ramo. Ele até deixou Chris Jericho aplicar-lhe o seu Walls of Jericho, uma manobra que se concentra consideravelmente no quadríceps. Esta lesão requereu uma cirurgia, feita pelo famoso cirurgião ortopédico James Andrews, na cidade de Birmingham. Esta lesão causou um fim abrupto à McMahon/Helmsley Era, por culpa do rigoroso processo de reabilitação que poria Triple H fora de acção por cerca de sete meses, perdendo ele completamente a Story’Line da Invasão da WCW/ECW.

 

Em 2002 e 2003

 Triple H voltou para a RAW como um Face no dia 7 de Janeiro de 2002, no Madison Square Garden, e recebeu uma ovação tremenda. Ele cedo venceu a Royal Rumble desse ano, recebendo uma oportunidade pelo WWF Undisputed Championship no Main Event da WrestleMania X8. Nessa mesma WrestleMania, Triple H venceu Chris Jericho pelo WWF Undisputed Championship. Depois de ter o título por cerca de um mês, Helmsley perdeu-o para Hulk Hogan no Backlash 2002. Triple H então tornou-se exclusivamente do Roster da SmackDown, devido à WWF Draft Lottery, e continuou a sua Feud com Chris Jericho.

Depois disto, o antigo companheiro de Triple H na DX, Shawn Michaels, tinha voltado à WWE e ido para a nWo, e Michaels e Kevin Nash planearam trazer Triple H para a RAW, de modo a convencê-lo a entrar também naquele grupo. Mesmo assim, Vince McMahon acabou com a nWo depois de algumas complicações no Backstage, e trouxe Eric Bischoff para a RAW, para ocupar o papel de General Manager desse mesmo Show. Uma das primeiras intenções de Bischoff era seguir o plano da nWo e trazer Triple H de novo para o Roster da RAW. Sendo assim, Triple H voltou à RAW, reunindo-se com Shawn Michaels, mas no dia 22 de Julho de 2002, ele tornou-se Heel mais uma vez ao virar-se contra Michaels, aplicando-lhe um Pedigree inesperado durante o que era suposto ser a reunião da DX. Na semana seguinte, Triple H mandou a cara de Michaels brutalmente contra uma janela de um carro, para provar que Michaels não passava de um “fraco”. Estes eventos levaram ao começo de uma longa e violenta Feud entre estes dois antigos parceiros, e a uma violentíssima Street Fight no SummerSlam 2002, no qual Michaels fez a sua estreia depois da “reforma” e venceu. Depois disto, mesmo assim, Triple H atacou-o com uma marreta, e Michaels teve de ser acompanhado para sair da arena.

Antes de 2 de Setembro de 2002, a WWE reconheceu que apenas um Campeão seria da RAW e da SmackDown. Mesmo assim, depois do SummerSlam, o campeão Brock Lesnar assinou (Story’Line) um contrato de exclusividade com a SmackDown, deixando a RAW sem um campeão. O General Manager da RAW, Eric Bischoff, então deu o World Heavyweight Championship a Triple H para pôr o cinto de WCW Champion de volta à acção (mas com novo nome, claro), dando-lhe o título porque este fora o último a ter o título antes de se juntar ao WWF Championship para formar o Undisputed Championship. Triple H teve várias defesas de título com sucesso contra Ric Flair, Rob Van Dam, Kane, entre outros, mas perdeu o cinto para o seu rival Shawn Michaels na primeira Elimination Chamber de sempre no Survivor Series 2002, mas ganhou-o outra vez num 3 Stages of Hell Match no Armageddon 2002.

Em Janeiro de 2003, Triple H formou os Evolution com Ric Flair, Randy Orton e Dave Batista. Com isto era suposto incluir numa só equipa, o passado (Ric Flair), o presente (Triple H) e o futuro (Batista e Randy Orton) do Wrestling. Numa das defesas de título de Triple H, dois dos outros membros dos Evolution entraram no ringue e ajudaram não só Triple H a manter o seu título, mas também a remover a máscara a Kane (o combate tinha a estipulação de Máscara vs Título). O grupo foi dominante na RAW em 2003/2004, e o maior momento da Stable foi quando todos os seus membros tinham um título, depois do Armageddon 2003. Nesse PPV, Triple H venceu Goldberg para vencer o World Heavyweight Championship, Randy Orton venceu Rob Van Dam para vencer o Intercontinental Championship, e a equipa de Ric Flair e também Batista conseguiram bater os Dudleyz para vencerem os World Tag Championships. Triple H teve o título por grande parte de 2003, rivalizando com o antigo talento da WCW Scott Steiner, Booker T, Kevin Nash, e Bill Goldberg em vários Main Events.

 

Em 2004 e 2005

 Triple H perdeu o seu título para Chris Benoit na WrestleMania XX e não conseguiu tirar o cinto a Benoit nos seguintes Rematch’s, incluindo um exacto Rematch da WrestleMania entre Triple H, Chris Benoit, e também Shawn Michaels numa Triple Threat no Backlash. Triple H lá conseguiu vencer o título mais tarde nesse ano ao seu antigo associado Randy Orton, no Unforgiven. Depois de uma controversa Triple Threat (com o título em jogo) contra Chris Benoit e Edge num episódio da RAW de 19 de Novembro de 2004, o World Heavyweight Championship foi suspenso pela primeira vez.

No New Year’s Revolution, Triple H venceu a Elimination Chamber para começar com o seu décimo campeonato mundial. Na WrestleMania 21, Triple H perdeu esse título para Batista, e também perdeu os dois Rematch’s nos dois PPV’s consecutivos da RAW, o Backlash e o Vengeance de 2005. Depois disto, Triple H esteve algum tempo de fora do Wrestling, aprendendo sobre o lado directivo da WWE, em preparação para o seu futuro como executivo, estando também a preparar o futuro filme que a WWE organizará, chamado Jornada del Muerte.

Triple H voltou para a RAW no dia 3 de Outubro de 2005, como parte do WWE Homecoming, recebendo uma tremenda ovação, mas ele ainda estava com carácter Heel. Ele fez equipa com Ric Flair (que se tinha tornado Face durante a ausência de Triple H) contra Chris Masters e Carlito. Triple H e Flair venceram, mas HHH virou-se contra Flair e deu-lhe com a sua marreta, destruindo-o por completo, começando logo uma Feud que prometia.

 

Em 2006

 Outra oportunidade pelo título Mundial apareceu a Triple H quando aconteceu o torneio Road to WrestleMania, o qual ele conseguiu vencer, garantindo uma oportunidade ao WWE Championship de John Cena na WrestleMania 22.

Na WrestleMania 22, Triple H e John Cena lutaram no Main Event pelo WWE Championship, tendo Triple H perdido por submissão, depois de Cena ter aplicado o seu STF-U. No mês seguinte no Backlash 2006, Triple H estava envolvido noutro combate pelo WWE Championship, lutando contra Edge e John Cena numa Triple Threat, mais uma vez perdendo para Cena, desta vez por Pinfall. Num acto de frustração, um Triple H ensanguentado usou a sua marreta para atacar Edge e Cena para depois fazer o sinal da DX, para delícia dos fãs. Triple H então tentaria vencer o título a Cena por numerosas ocasiões, mas falhava sempre, e pedia explicações a Vince McMahon. Ele tornou-se Face e logo começou uma Feud entre ele e os McMahon’s.

Shawn Michaels voltou na edição da RAW de 12 de Junho de 2006, e cedo se reuniu com Triple H para formar de novo a sua antiga Stable, a D-Generation X. A DX derrotou os Spirit Squad no Vengeance 2006, num Handicap 5-on-2. Depois disto, a DX continuou a sua Feud com Vince McMahon, Shane McMahon e os Spirit Squad durante várias semanas. Eles então derrotaram, os Spirit Squad mais uma vez no Saturday Night’s Main Event num combate de Eliminação, mais uma vez de 5 contra 2. De seguida, eles derrotaram os McMahon’s no SummerSlam 2006, mesmo com o ataque de várias estrelas da WWE escolhidas por Vince McMahon mesmo para este caso.

No Unforgiven 2006, a D-Generation X passou as expectativas mais uma vez, derrotando os McMahon’s e o ECW World Heavyweight Champion, Big Show num Hell in a Cell Match (o sétimo Hell in a Cell para Triple H e o terceiro para Shawn Michaels). A DX embaraçou Vince ao pôr a sua cara mesmo no rabo de Big Show durante o combate, e a DX venceu depois de Triple H partir a sua marreta mesmo nos ombros de Vince McMahon, num dos piores Hell in a Cell de sempre.

No Cyber Sunday 2006, durante a sua Feud com os Rated RKO (Edge e Randy Orton), a DX foi derrotada pela primeira vez. Os fãs seleccionaram o árbitro especial, Eric Bischoff e este deixou os Rated RKO utilizarem uma arma ilegalmente para conseguirem a vitória sobre a DX, sendo, como já se referiu, a primeira equipa a conseguir derrotar a D-Generation X desde que estes se voltaram a reunir.

No Survivor Series 2006, a DX teve a sua vingança quando a sua equipa derrotou a equipa de Edge e Orton num Combate Clássico de Eliminação, com todos os seus membros a resistirem, não sendo nenhum deles eliminado.

Neste momento, a DX ainda continua a rivalizar com os Rated RKO, e começou a fazer par com Ric Flair, enquanto que Kenny está nos Rated RKO. Já no New Year’s Revolution, a DX irá enfrentar os Rated RKO mais uma vez, podendo ter a sua doce vingança sobre a grande tareia que levaram numa das edições passadas da RAW.

tags:
619 seguido de um Batista Bomb seguido de um cover de bruno-wwe às 21:51
Link do Post | Comentar | Adicionar aos Favoritos
1 comentário:
De HBolaK a 30 de Janeiro de 2007 às 21:32
bruno tou a ver que tnes bastante jeito pa bios sera que te keres juntar no meu blog www.cyber-wrestling.com adiciona-me se kiseres F-U13@hotmail.com


Comentar Post

Participar

Participe Neste Blog

Menu

Home
Notícias
TV Shows
Raw
SmackDown
ECW
Pay-Per-View
Inside
Campeões
Superstars
Power 25
Biografias
Info Wrestling
Downloads
Animações
Cartazes Musicais
Antes de Eles Serem Estrelas
Chibis
Puzzles

Contador e Horas

Free Web Site Counter
Free Web Site Counter

Mais Sobre Mim

Publicações

Resultados da ECW - 25/09...

Resultados da Raw - 24/09...

Resultados da SmackDown -...

Resultados da ECW - 18/09...

Resultados da Raw - 17/09...

Campeões

Resultados do Unforgiven ...

Resultados da SmackDown -...

Resultados da ECW - 11/09...

Resultados da Raw - 10/09...

Publicações Mais Antigas

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Setembro 2006

Links

Cbox


Perguntas

Qual a Brand que mais preferes?
SmackDown
Raw
TNA
ECW
  
pollcode.com free polls
Qual e que axas que e a Diva mais sexy da WWE
Ashley
Candice Michelle
Jillian Hall
Kelly Kelly
Kristal
Layla El
Lilian Garcia
Maria
Melina
Michelle McCool
Mickie James
Rebecca
Torrie Wilson
Victoria
  
pollcode.com free polls
Qual axas que era o resultado entre The Great Khali vs. Umaga?
Ganhava: The Great Khali
Ganhava: Umaga
Empate
  
pollcode.com free polls

Forum

online