Música do Blog

Papadocks - A Bata...
Sábado, 27 de Janeiro de 2007

Bio de Rey Mysterio

Ficha técnica:

Nome – Óscar Juan Padro Rubio (Óscar Gutiérrez)
Alcunha (s) – Mr. 619
Altura – 1,60 metros
Peso – 73 kilos
Data/Local de nascimento – 11 de Dezembro de 1974, em Los Angeles, California
Treinado por – Rey Mysterio Sr.
Estreia – 30 de Abril de 1989

No México

Gutiérrez treinou para o Wrestling profissional com o seu tio, Rey Mysterio Sr. Ele estreou-se como um Wrestler em Abril de 1989 com 14 anos na cidade de Tijuana, no México. Tecnicamente, ele estava abaixo da idade para receber uma licença, mas como este processo era geralmente lento, ele conseguiu safar-se dessa facilmente. No México, usando o seu nome de ringue Colibri, ele começou uma Feud com Psicosis (que também tinha sido treinado por Rey Mysterio Sr.). Esta Feud durou alguns anos, continuando mesmo depois de Gutiérrez ter mudado a sua carreira para os Estados Unidos.
Quando Gutiérrez fez os seus 18 anos, o seu tio revelou que eles os dois tinham uma grande relação de amizade e deixou o seu sobrinho utilizar o nome que ele próprio já tinha utilizado, ou seja, Rey Misterio. Na Asistencia Asesoria y Administracion (AAA) ele rivalizou com Juventud Guerrera, Feud que incluiu um combate de equipas com os dois Mysterios a enfrentarem Juventud e o seu pai, Fuerza Guerrera, outra lenda do Wrestling.

Na Extreme Championship Wrestling

Em 1995, Mysterio derrotou Psicosis durante o seu combate de estreia na Extreme Championship Wrestling (ECW). Este combate foi o seu primeiro combate de impacto no Wrestling Profissional Americano – sim, porque eles já tinham sido vistos na World Championship Wrestling – promovido pelo PPV When Worlds Collide. Mysterio, com outros Luchadores, ficou visto como uma das grandes atracções na ECW durante estes tempos.
Mais tarde, Mysterio apareceria nos dois One Night Stands da ECW, no de 2005 enfrentando os Cruzados da WWE, e no de 2006, enfrentando Sabu pelo World Heavyweight Championship.

Na World Championship Wrestling

 Mysterio então ganharia ainda mais fama na World Championship Wrestling em 1996, onde ele foi um dos ícones para a “Revolução dos Cruiserweights” nos Estados Unidos. O seu último nome então mudou de “Misterio” para “Mysterio” para a sua imagem de marca ser ter-se tornado num “Homem Mistério”. Mysterio teve alguns combates aclamados contra Juventud Guerrera, Ultimo Dragon, Dean Malenko, Psicosis e também Eddie Guerrero. Durante estes tempos, ele ganhou o WCW Cruiserweight Title por umas espantosas 5 vezes.

Na Divisão Cruiserweight

 Mysterio depressa marcou impacto na WCW com o seu primeiro reino de Cruiserweight Champion. Mesmo assim, no Halloween Havoc de Outubro de 1997, Mysterio venceu o seu segundo Cruiserweight Championship contra o seu amigo na vida real Eddie Guerrero num “Title vs Mask” Match. O combate foi tão aclamado pela sua fluência e pelo tecnicismo, que até foi votado como o Match of the Year. Durante estes tempos, Mysterio era uma das bases do Roster da WCW.
Depois de muitas rivalidades, o WCW Cruiserweight Champion foi “metido” num combate contra Chris Jericho. Mysterio perderia o seu título no WCW/nWo Souled Out no dia 24 de Janeiro de 1998. Após a derrota, Jericho continuou a destruir Mysterio com uma caixa de ferramentas que tinha encontrado fora do ringue. Isto poria Mysterio Dora de acção por vários meses, antes de fazer o seu regresso seis meses depois no Bash at the Beach de 1998 para derrotar o mesmo Chris Jericho, e pelo mesmo campeonato, mesmo assim na noite seguinte Jericho voltou a vencer o título, após interferência de Dean Malenko no combate.
Em 1998, Eddie Guerrero formou uma Stable conhecido por Latino World Order (uma maneira de “deitar abaixo” a New World Order) que incluiu todos os Luchadores incluídos naquela promoção. Mesmo assim, Mysterio foi obrigado a juntar-se à Stable, mas mesmo assim continuou a recusar entrar na mesma. Ele foi finalmente forçado a entrar na Stable ao perder um combate para Eddie. Quando as duas facções da nWo se juntaram – a nWo Hollywood e a nWo Wolfpac – eles fizeram a LWO “desmanchar-se”. Mysterio mostrou a sua teimosia ao recusar entrar na Stable e sofreria as devidas consequência por o ter feito.

Perda da máscara

 Em 1999, Mysterio foi posto num combate de equipa contra os The Outsiders num “Hair vs Mask” Match. Ele e Konnan (o seu parceiro nesse combate) perderiam na Super Brawl IX no dia 21 de Fevereiro de 1999 na cidade de Oakland, California, o que causou a perda da imagem de marca de Mysterio, ou seja, a sua máscara. A comunidade de Lucha Libre ficou ofendida com esta perda devido à sua forte tradição com os Luchadores a usarem as suas máscaras. Mysterio continuou a ser um dos mais populares dentro do Roster devido às suas técnicas High-Flying, e o seu estilo esplêndido, também como interagia com os fãs, pela sua própria personalidade, pelo seu estilo (tipo de roupas, dentro e fora do ringue), a sua música, e ainda mais.
Mysterio, mesmo sem a sua máscara, conseguiria ficar famoso. Ele começou a ser um “assassino gigante” ao conseguir grandes vitórias sobre”torres”, ou Powerhouses como Kevin Nash, Bam Bam Bigelow e também Scott Norton. Ele também começaria uma equipa de sucesso com Billy Kidman e juntou-se à Master P’s No Limit Soldiers. Depois dessa Stable se ir da WCW, uma nova Stable conhecida por The Filthy Animals, que era formada por atletas como Konnan, Eddie Guerrero, e, claro, Rey Mysterio.

Como Main Eventer 

O seu sucesso finalmente levou a um WCW World Heavyweight Championship recebido por ele contra Ric Flair em 1999, na Panamá City Beach, na Florida, numa edição do WCW Monday Nitro. Numa cena rara, uma rifa foi tirada para declarar o candidato ao título de Flair. Quem venceu esse concurso foi El Dandy, um Wrestler de Low-Card, mas deu essa chance a Mysterio por ter sofrido uma lesão cedo naquele Show. Este combate do Main Event claramente ilustrou o potencial de Mysterio e era a ele que os fãs seguiam, mas como ele era o “Underdog” (ou seja, o desfavorecido) claramente perdeu o combate.
Mysterio continuou como um Performer firme depois disto, e juntou-se à facção New Blood em 2000 para enfrentar os oponentes dos “Millionaire’s Club”. Mysterio e Billy Kidman então começariam a rivalizar com equipas como os Misfits in Action ou a Team Canada durante os meses finais da WCW. Juntos, eles venceriam os novos WCW Cruiserweight Tag Titles na edição do Monday Nitro antes da companhia “desaparecer” em 2001. Esta seria a última aparição de Mysterio na TV, durante quase um ano.

Na World Wrestling Entertainment
 
Em 2002, Rey assinou pela WWE, e as Promos começaram a ser mostradas promovendo a sua estreia épica. E no que foi uma surpresa para muitos dos entusiastas do Wrestling, Vince McMahon mandou que Mysterio usasse novamente a sua máscara. No México, cada um pode ter a sua licença suspensa na Lucha Libre pela Box y Lucha Commission por isto; sendo assim, sempre que um Wrestler perde a sua máscara, ele não a pode vencer outra vez. Em deferência a esta tradição, Mysterio continuou a não usar a sua máscara quando lutava no México. Isto incluiu aparições sem ser de Wrestling no Rey Mysterio: 619 DVD produzido pela WWE, onde ele usava a máscara no recente Tour feito pelo México. Rey Mysterio começou a sua carreira na WWE na SmackDown como um Face numa Feud aclamada com Kurt Angle.
Rey mais tarde fez equipa com Edge para vencerem os WWE Tag Championships mas depois da equipa perder os títulos, eles depressa pararam de fazer equipa juntos. Rey desafiou o WWE Cruiserweight Championship Matt Hardy na WrestleMania XIX em Seattle, mas não teve sucesso após numerosas interferências de Shannon Moore no combate. Mysterio finalmente venceu Hardy pelo título num combate emocional passado no dia 3 de Junho, na sua cidade-natal. Ele mais tarde perdeu o título para Tajiri. Rey mais tarde começou a rivalizar com Chavo Guerrero e o seu pai, mais uma vez pelo WWE Cruiserweight Championship. Durante estes tempos, Mysterio fez equipa ou com Rob Van Dam, ou com Spike Dudley para enfrentarem os Dudley Boyz. Mesmo assim, quando Mysterio era o Cruiserweight Champion, Spike virou Heel e juntou-se aos outros Dudleyz antes de cedo conseguir tirar o título a Mysterio.
Rey continuou a fazer equipa com Rob Van Dam, e depois de algum tempo, a equipa conseguiu vencer os WWE Tag Championships de Kenzo Suzuki e de Rene Dupree. Mesmo assim, RVD ficou lesionado e Rey depressa perdeu os títulos para os recentes Basham Brothers.

Relação de amizade e Feud com Eddie Guerrero 

No dia 20 de Fevereiro de 2005, Rey venceu pela terceira vez os WWE Tag Championships com Eddie Guerrero depois de derrotar Doug Basham e Danny Basham (aka The Basham Brothers) em No Way Out de 2005. Mesmo assim, numa “fuga” ao Booking tradicional, os campeões não defenderam os seus títulos na WrestleMania 21 no dia 3 de Abril de 2005, mas sim enfrentaram-se os dois campeões, com Rey a vencer Eddie, num combate muito bom. Isto levou a uma Story’Line em que a equipa se dissolvia e Guerrero se tornava Heel devido a estar frustrado por não conseguir derrotar Mysterio em todas as ocasiões que lutavam um contra o outro. Guerrero e Rey continuaram a rivalizar, com Guerrero ameaçando revelar um segredo que ele e Rey escondiam sobre o filho de Rey, Dominick. A menos que Rey não desafiasse a autoridade de Eddie, ele não poria o público a par do seu segredo. Mesmo assim, Guerrero revelou que era o pai biológico de Dominick, numa história muito Kayfabe.
A Story’Line dizia que Eddie sabia que Rey estava a começar a ter problemas com a sua própria família, por isso Guerrero deixou Dominick com Rey e a sua mulher Angie. Durante várias semanas, Eddie ameaçou tirar-lhes Dominick, até tendo levado os papéis de custódia e a sua advogada para Mysterio ficar ainda “com mais medo”. No SummerSlam de 2005, Rey derrotou Guerrero num Ladder Match pela custódia de Dominick, apesar de o ter feito com alguma ajuda da mulher de Eddie, Vickie Guerrero. Rey então foi posto numa rápida Feud com John “Bradshaw” Layfield, com JBL a conseguir vencer Mysterio no PPV No Mercy de 2005. Rey também estreou uma música de entrada de estilo Reggaeton chamada “Booyaka 619” onde ele canta juntamente com os P.O.D., e estreou-a em Outubro.
No dia 13 de Novembro de 2005, Eddie Guerrero foi encontrado morto no seu quarto de hotel na cidade de Minneapolis, Minnesota pela segurança do hotel e por Chavo Guerrero. Nesse mesmo dia, num Super Show da WWE, onde a SmackDown e a RAW foram as duas gravadas, Mysterio fez um emocional discurso sobre Eddie, e numa mostra de respeito tirou a máscara (mesmo assim ele pôs a cabeça para baixo, para ninguém lhe conseguir ver a cara). Mysterio derrotaria Shawn Michaels num combate Inter-Promocional mais tarde nessa mesma noite. Depois deste combate, Michaels e Mysterio abraçaram-se no ringue e Mysterio apontou para o céu, chorando, em memória de Eddie Guerrero. Isto começou uma carrada de semanas nas quais Mysterio, juntamente com os seus amigos Chris Benoit e Chavo Guerrero, continuaria a dedicar as suas vitórias a Eddie quer usando as suas palavras e frases memoráveis ou mesmo usando as suas manobras de marca; cânticos de Eddie continuaram a seguir Rey Mysterio e Chavo Guerrero durante os seus combates.

SmackDown vs RAW 

Mysterio participou no Main Event do Survivor Series como parte da equipa da SmackDown, juntamente com Randy Orton (que ocupou o lugar de Eddie), Bobby Lashley, JBL e o capitão de equipa Batista, para derrotarem a equipa da RAW (constituída por Shawn Michaels, Kane, Big Show, Carlito e Chris Masters). Na Terça-Feira após o Survivor Series, Mysterio enfrentou o gigante da RAW, Big Show, num combate apresentado como sendo David vs Golias num Especial da SmackDown, gravado em Cincinnatti, Ohio.
Este combate muito desigual, marcado devido a Mysterio ter eliminado Big Show no Survivor Series, acabou num No Contest, quando o parceiro de Big Show, Kane, interferiu no combate. Mysterio continuou a rivalizar com os World Tag Champions pertencentes à RAW, ganhando um parceiro, que era o então World Heavyweight Champion Batista, que, juntamente com Mysterio, seria posto num combate contra Kane e Big Show num combate de equipa no Armageddon.
Mesmo assim, antes do Armageddon, Batista e Mysterio derrotaram os MNM para se tornarem nos novos WWE Tag Champions num combate que ambos dedicaram ao seu amigo Eddie Guerrero. Agora como Tag Champions, o combate de Mysterio e Batista contra Kane e Big Show foi apresentado como um Champions vs Champions Match. Mysterio e Batista perderam este encontro de SmackDown vs RAW quando Kane conseguiu efectuar o Pinfall em Mysterio após um violentíssimo Chokeslam.
Na edição da SmackDown de 30 de Dezembro de 2005, os MNM invocaram a sua cláusula de Rematch pelos títulos, derrotando Batista e Mysterio, mas com muita ajuda do retornado Mark Henry, para vencerem mais uma vez os WWE Tag Championships. O Campeão Mundial e Mysterio ficaram juntos como grandes amigos até Batista ser posto fora de acção como resultado de uma grave lesão que sofrera no seu tríceps, por culpa de Mark Henry.

“Estrada para a WrestleMania”
  
No dia 29 de Janeiro de 2006, Rey Mysterio competiu no tradicional combateu a Royal Rumble, ou seja, o “Royal Rumble Match”, entrando com o nº2, aguentando-se dentro do ringue cerca de uma hora e finalizando ao eliminar Randy Orton para vencer o combate. Ao vencer o Royal Rumble Match, Mysterio venceu uma oportunidade pelo World Heavyweight Championship na WrestleMania desse ano que seria a primeira vez que ele competiria por um título Mundial durante um evento Pay-Per-View. E mais, Rey também conseguiu passar o recorde da Royal Rumble, ao aguentar-se 62 minutos no combate.
Rey dedicou a sua luta, e também vitória na Royal Rumble ao seu amigo Eddie Guerrero. Depois da sua vitória, ele foi congratulado por Chris Benoit, Dean Malenko, Chavo Guerrero e por Rob Van Dam – todos estes também eram velhos e próximos amigos de Eddie Guerrero.
Durante a edição da SmackDown de 3 de Fevereiro de 2006, um raivoso Randy Orton interrompeu o discurso de vitória de Rey. Orton insultou e muito a memória de Eddie verbalmente, atacando Rey e os fãs, dizendo “Eddie não está no céu, Eddie está debaixo de nós… NO INFERNO!”. Mysterio atacou violentamente Orton por o ter dito e mais tarde aceitou o desafio de Randy pela oportunidade do título na WrestleMania.
O desafio tomou lugar no PPV No Way Out com Randy Orton a derrotar Rey Mysterio usando as cordas ilegalmente para conseguir o Pinfall. Tendo perdido a oportunidade pelo título na WrestleMania 22, Rey chorou e gritou no Backstage em frente dos amigos e família de Eddie. Mesmo assim, na edição seguinte da SmackDown, o General Manager Theodore Long declarou que o World Title Match na WrestleMania incluiria Mysterio, tendo então sido marcada uma Triple Threat que veria Rey a enfrentar Randy Orton e o então World Heavyweight Champion Kurt Angle. Mysterio então venceria esse combate para se tornar pela primeira vez no World Heavyweight Champion numa empresa de grande nome.

Como World Heavyweight Champion 

Na edição da SmackDown de 7 de Abril de 2006, Mysterio, que foi aproveitado como sendo o “Campeão Desfavorecido”, fez a sua primeira defesa com sucesso do World Heavyweight Title contra Randy Orton. O combate teve lugar apenas 5 dias após a WrestleMania, mas Mysterio ainda assim conseguiu, e bem, manter o seu título. Mysterio então também conseguiu manter o seu título mais uma vez durante um Rematch da WrestleMania na SmackDown contra Kurt Angle, semanas mais tarde. A semana antes desta defesa de título tomar lugar teve começo a Feud entre JBL e Rey, com o título centrado. A rivalidade começou quando JBL disse, na sua celebração após ter ganho o US Championship, que desejava também obter o World Heavyweight Championship.
Esta Feud com JBL viu Mysterio enfrentar oponentes escolhidos por JBL nas 3 semanas até ao seu combate no Judgment Day de 2006. Mysterio foi derrotado por Mark Henry e por The Great Khali em Singles, e Non-Title Matches antes de enfrentar Kane num combate, que ficou num No Contest, antes do PPV. Mysterio reteve o seu título no Judgment Day usando um 619 e também um FrogSplash para a vitória. JBL perdeu o US Championship para Bobby Lashley dias mais tarde num episódio da SmackDown, durante esta Feud. Isto levou JBL a dizer que se não tivesse um combate contra Mysterio pelo título, sairia da SmackDown. No Main Event dessa noite, Mysterio venceu-o (mesmo com as tentativas de JBL de roubar com o árbitro no chão) usando o 619 e então um Springboard Leg Drop para reter o seu World Heavyweight Championship, causando a saída de JBL da SmackDown (até que ele regressou no ECW One Night Stand 2, onde anunciou que passaria a ser o novo comentador da SmackDown, substituindo Tazz, que sairia para a nova ECW, despedindo-se da SmackDown).
Nas semanas antes do seu combate pelo título na ECW, Mysterio derrotou Gregory Helms num Champion vs Champion, mas foi derrotado por Rob Van Dam no WWE vs ECW Head to Head no dia 7 de Junho de 2006. Imediatamente após esse bom Show, o WWE.com reportou que Paul Heyman teria tentado contratar Mysterio para a sua nova ECW. Rey então anunciou no episódio da SmackDown de 9 de Junho que ficaria em sua “casa”, ou seja, na SmackDown. No One Night Stand, Mysterio reteve o seu título numa grande luta contra Sabu, depois de ambos ficarem impedidos de lutar mais após ficarem KO, depois de um grande Triple Jump DDT de Sabu, que os conduziu para cima de uma mesa.
Mysterio mais tarde iria defender o seu título contra Mark Henry. Mysterio venceu o combate, depois de Chavo vir ao ringue quando o árbitro estava em baixo e dar uma cadeirada no World’s Strongest Man. Quando o árbitro conseguiu recuperar a consciência, Rey usou uma manobra de Eddie Guerrero, ao bater com a cadeira no chão e passá-la para as mãos de Henry, vencendo por DQ. Mysterio então começaria uma Feud com King Booker depois deste vencer uma Battle Royal para determinar o Nº1 Contender para o título de Mysterio no Great American Bash. King Booker atacaria brutalmente o campeão por trás no Backstage com a ajuda da sua mulher, Queen Sharmell. O ataque não foi mostrado em directo, pois foi durante uma luta de Mark Henry e Batista. Os Highlights deste momento foram mostrados mais tarde neste programa e foi seguido por Mysterio a atacar o “Rei” e a sua Corte.
Esta rivalidade continuou durante mais algumas semanas, e viu Mysterio a derrotar o membro da Corte de King Booker, William Regal numa edição da SmackDown, momentos antes de atacar o “Rei” e aplicar-lhe o 619 por volta do poste de metal. Durante o Saturday Night’s Main Event, Mysterio derrotou King Booker num Six-Man Tag Match e mais uma vez dias depois em acção individual na SmackDown.
No Great American Bash, Rey defrontou King Booker no Main Event. Depois de vários minutos no ringue, King Booker mandou Mysterio contra o árbitro, que perdeu logo os sentidos. Então apareceu Chavo com uma cadeira e deu uma forte cadeirada com esta em Rey, dando a oportunidade a King Booker de efectuar o Pinfall, e vencendo o título, acabando aqui o “sonho” de Mysterio, perto de 4 meses depois de vencer o campeonato.

Feud com os Guerreros 

Mais tarde nessa semana na SmackDown, Rey teve um Rematch com Booker pelo título, mas Chavo mais uma vez custou o combate a Rey. Quando Rey Mysterio estava a tentar usar um Springboard Splash no novo campeão, o seu antigo amigo apareceu quando o árbitro estava distraído e mandou-o contra a barreira de separação do público. Então, King Booker acabou com Mysterio com o Scissors Kick.
No episódio da SmackDown de 4 de Agosto de 2006, Chavo disse que custou o título a Rey porque ele estava a “desrespeitar a memória de Eddie, ao usar o seu nome para todas as luzes se centrarem nele e tornar-se campeão”. Rey apareceu e atacou Chavo como resposta, o que trouxe a viúva de Eddie ao ringue, para parar com a luta. No combate seguinte de Mysterio contra Ken Kennedy, ele parecia ter o combate praticamente ganho depois de manobras de alto-risco e ter colocado o seu oponente em posição para o 619. Chavo então encontrou-se com Rey mais uma vez, depois de aparecer no ringue. Desta vez Rey estava preparado e começou ele a dar em Chavo mas mais uma vez a luta foi interrompida por Vickie Guerrero. Este incidente viu Vickie a ser atingida sem qualquer culpa dos intervenientes.
No SummerSlam de 2006, Rey perdeu para Chavo depois de Vickie o atirar de cima das cordas, parecendo que foi por acidente. Durante o seu combate no SummerSlam, ela pediu a Chavo Guerrero e a Rey Mysterio para pararem de lutar e deu uma chapada na cara de Chavo. Depois de ter atirado Rey acidentalmente do canto, Chavo aplicou um FrogSplash para derrotar o seu antigo amigo com o Pinfall, e a contagem até 3. Também durante o SummerSlam, no seu combate contra Chavo, Mysterio acidentalmente perdeu a máscara, pois quando Chavo lhe deu um soco, a máscara caiu. Rey conseguiu pôr a sua máscara de novo e continuar normalmente com o seu combate.
No dia 25 de Agosto de 2005, Vickie Guerrero fez o seu primeiro Heel Turn ao tornar-se no terceiro Guerrero a virar-se contra Rey. Quando Chavo trouxe uma cadeira de fora do ringue e preparou-se para dar em Rey, Vickie tentou pará-lo, mas acabou por tirar-lhe a cadeira e ela própria acertar intencionalmente com a cadeira mesmo na cabeça de Rey. Os dois Guerreros abraçaram-se, deixando Rey num estado de dor no ringue. Na semana seguinte na SmackDown, Vickie confirmou que é agora a nova Manager de Chavo naquele ramo, dando logo uma estalada em Mysterio assim que este apareceu em cena para os confrontar.
Na edição da SmackDown de 20 de Outubro, a rivalidade finalmente terminou quando Chavo derrotou Rey Mysterio num humilhante “I Quit” Match, depois de repetidamente ter dado com uma cadeira no joelho lesionado de Rey, quando este estava preso num dos pilares de sustentação da arena. Este combate serviu como uma maneira de Mysterio finalmente ser operado aos seus lesionados joelhos.
Actualmente, Rey ainda se encontra em recuperação dessa grave lesão e da intervenção cirúrgica que realizou.

tags:
619 seguido de um Batista Bomb seguido de um cover de bruno-wwe às 21:46
Link do Post | Comentar | Adicionar aos Favoritos

Participar

Participe Neste Blog

Menu

Home
Notícias
TV Shows
Raw
SmackDown
ECW
Pay-Per-View
Inside
Campeões
Superstars
Power 25
Biografias
Info Wrestling
Downloads
Animações
Cartazes Musicais
Antes de Eles Serem Estrelas
Chibis
Puzzles

Contador e Horas

Free Web Site Counter
Free Web Site Counter

Mais Sobre Mim

Publicações

Resultados da ECW - 25/09...

Resultados da Raw - 24/09...

Resultados da SmackDown -...

Resultados da ECW - 18/09...

Resultados da Raw - 17/09...

Campeões

Resultados do Unforgiven ...

Resultados da SmackDown -...

Resultados da ECW - 11/09...

Resultados da Raw - 10/09...

Publicações Mais Antigas

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Setembro 2006

Links

Cbox


Perguntas

Qual a Brand que mais preferes?
SmackDown
Raw
TNA
ECW
  
pollcode.com free polls
Qual e que axas que e a Diva mais sexy da WWE
Ashley
Candice Michelle
Jillian Hall
Kelly Kelly
Kristal
Layla El
Lilian Garcia
Maria
Melina
Michelle McCool
Mickie James
Rebecca
Torrie Wilson
Victoria
  
pollcode.com free polls
Qual axas que era o resultado entre The Great Khali vs. Umaga?
Ganhava: The Great Khali
Ganhava: Umaga
Empate
  
pollcode.com free polls

Forum

online