Música do Blog

Papadocks - A Bata...
Sábado, 27 de Janeiro de 2007

Bio de Edge

Ficha técnica:


Nome –
Adam James Copeland
Alcunha (s) – Rated-R Superstar
Altura – 1,96 metros
Peso – 109 quilos
Data/Local de Nascimento – 30 de Outubro de 1973, em Orangeville, Ontario
Reside em – Tampa, Florida
Treinado por – Ron Hutchison, Sweet Daddy Siki, Bret Hart, Stu Hart, Dory Funk Jr., Tom Prichard e Leo Burke
Estreia – 1 de Julho de 1992

 

Princípio de carreira

 Durante os anos 90, Copeland lutou em várias promoções independentes no Ontario e também na região dos Grandes Lagos dos Estados Unidos, com o nome de Sexton Hardcastle. Como Sexton Hardcastle ele teve com o Manager, Johnny Bradford e também Judd the Studd e faria parte de uma equipa de sucesso chamada Sex and Violence, com Joe Legend, na área de Detroit. Durante 1997, os Sex and Violence eram parte de uma grande Stable conhecida como Thug Life, que era constituída por Legend, Hardcastle, o seu amigo de infância Christian, Bloody Bill Skullion e por Rhino Richards. Na sua carreira Indy, ele também venceu o SSW Tag Title e o ICW Street Fight Tag Title por duas vezes com Christian, em adição a um reino com o ICW/MWCW Midwest Unified Tag Title, mas desta vez com Joe Legend. A dupla de Copeland e Reso (Christian) era conhecida como os Hard Impact, antes de eles mudarem o seu nome para os Suicide Blondes. No seu Blog do MySpace, ele também relembra que a dupla também era conhecida como Canadian Rockers.

 

Na World Wrestling Federation/Entertainment

 Em 1998, Copeland assinou um contrato com a World Wrestling Federation (WWF), e fez a sua estreia televisiva no episódio da RAW is WAR de 22 de Junho de 1998, como Edge, uma personagem de carácter solitário que entrava para a arena pelo meio do público para os seus combates. O carácter da sua personagem era que ele tinha de andar pelas ruas da cidade sem destino e dar grandes tareias aos mais curiosos e defensivos espectadores. O seu primeiro combate televisionado foi contra Jose Estrada, Jr., que acabou prematuramente, por Count-Out, quando Edge aplicou um Sommersault Senton desde o ringue até lá para fora, lesionando Estrada legitimamente no pescoço. No seu primeiro combate de PPV na companhia, o SummerSlam 1998, ele serviu como o parceiro mistério de Sable num combate contra Jacqueline e Marc Mero. A equipa de Edge venceu esse combate com bastante classe, depois de Edge aplicar um Body Slam a Sable para cima de Mero num ataque de equipa que lhes deu a vitória.

 

Em 1999 e 2000

 Edge foi então colocado numa Feud contra o Wrestler vampiro Gangrel. Durante essa mesma Feud, Gangrel apresentou Christian, o irmão de Edge (Kayfabe), como seu aliado. Mesmo assim, Gangrel e Christian convenceram Edge a juntar-se a eles e os três formaram uma nova facção conhecida como The Brood. Mais tarde, todos os membros desta facção seriam introduzidos na Ministry of Darkness, facção que era chefiada por Undertaker.

Em Maio de 1999, a Brood saiu da Ministry of Darkness, depois de Christian ser fortemente atacado por Ken Shamrock e ser forçado a revelar a localização da refém Stephanie McMahon. O Undertaker escolheu castigar Christian pelo seu trespasse, mas Edge e Gangrel protegeram-no e viraram-se contra Undertaker. Isto foi histórico pois nunca ninguém, se tinha arriscado a deixar a Ministry of Darkness antes ou depois disto: a Stable dissolveu-se com todos os outros membros intactos.

Depois de uma pequena Feud com a Ministry, eles começaram a rivalizar com os Hardy Boyz (Matt e Jeff Hardy). Mesmo assim, cedo Gangrel se virou contra Edge e Christian para formar a New Brood com os seus inimigos, claramente, os Hardy Boyz.

Mesmo depois disto tudo da New Brood, Edge e Christian continuaram a sua Feud com os Hardy Boyz bastante normalmente. As duas equipas competiram num Ladder Tag Match no PPV No Mercy 1999, para ver quem obteria os serviços de Manager de Terri Runnels e também mais 100.000 dólares adicionados. Contudo, mesmo assim, Edge e Christian acabaram por ser derrotados e perderem estes “belos” bónus.

No dia 2 de Abril de 2000, Edge e Christian derrotaram os Hardy Boyz e os Dudley Boyz para vencerem o seu primeiro WWF Tag Title num grande Triangle Ladder Match, de onde nasceu o combate clássico, de Tables, Ladders and Chairs (TLC). Este tipo de combates viria a ser bastante utilizado nas Feuds entre estas equipas durante vários meses.

Depois desta vitória, Edge e Christian encontraram o sucesso como uma dupla de Heels, mudando a sua Gimmick de góticos limitados para um par cómico de “gajos fixes”, vencendo os WWF Tag Titles por mais seis vezes para um total fantástico de sete títulos. Durante estes tempos, a sua imagem de marca era a sua “pose de cinco segundos”, na qual eles posavam no ringue por cinco segundos “para o benefício do Flash fotográfico”, chegando mesmo a gozar, insultar, e até divertir os fãs. Eles também competiram como equipa nos três primeiros Tables, Ladders and Chairs, vencendo os primeiros dois contra os Dudley Boyz e os Hardy Boyz, no SummerSlam de 2000 e depois mais uma vez na WrestleMania X-Seven, em dois grandes combates.

 

Em 2001 e 2002

 No dia 21 de Janeiro de 2001, Edge e Christian derrotaram os Dudley Boyz na Royal Rumble para conseguirem vencer mais uma vez os títulos de equipas. Eles continuaram a reter os seus títulos no PPV No Way Out no dia 25 de Fevereiro contra os Dudley Boyz e também Kane e Undertaker, retendo mais uma vez na WrestleMania também contra os Dudley Boyz e os Hardyz no TLC 2.

Edge iria então solidificar-se a si próprio como uma grande estrela a solo, ao vencer o torneio King of the Ring de 2001. Christian virou-se contra Edge pouco depois disso, e os dois rivalizaram pelo título Intercontinental de Edge, o qual ele perdeu para o seu antigo companheiro, mas logo de seguida o conseguiu ganhar outra vez. Edge perdeu o título Intercontinental para Test e pouco depois venceu o WCW United States Championship a Kurt Angle. Edge derrotou Test no Survivor Series de 2001, para unificar os títulos Intercontinental e WCW United States (este último, ele tinha perdido previamente).

Durante os meses de Inverno de 2001, Edge rivalizou com William Regal pelo Intercontinental Championship antes de ser derrotado por Regal com o título em jogo. Edge saiu por baixo desta Feud. Quando a WrestleMania X8 estava a chegar, Edge foi posto num combate com Booker (que Edge venceu facilmente), combate esse que era resultado de uma grande rixa entre Edge e Booker pela aprovação de um Champô Japonês fictício (que história mais parva!).

Pouco depois de derrotar Booker T nessa WrestleMania, Edge foi sorteado para a SmackDown na primeira WWE Draft Lottery de sempre. Logo depois de chegar a essa Brand ele começou a rivalizar com Kurt Angle, o que culminou com Edge a rapar a cabeça a Kurt depois de um Hair vs Hair Match no Judgment Day. Foi também nesta Feud que Edge começou com os cânticos de “You Suck” sempre que Angle entra num ringue da WWE. Quando Rey Mysterio fez a sua estreia na SmackDown, ele e Edge logo formaram uma equipa e venceram os WWE Tag Championships.

 

Em 2003 e 2004

 Em Fevereiro de 2003, Copeland sofreu uma lesão legítima no seu pescoço, o que requereu uma cirurgia e o deixou fora dos ringues por perto de um ano. Durante a sua recuperação ele escrevia uma “crónica” no WWE.com. O seu regresso aos ringues estava marcado para Fevereiro de 2004, mas sofreu mais uma lesão legítima na mão, partindo-a, mesmo antes do seu regresso planeado, o que o forçou a ficar fora do ringue por mais um mês. Ele foi então posto na RAW na Draft Lottery a seguir à WrestleMania XX, e voltou à acção In-Ring pouco depois disso acontecer. Na edição da RAW de 19 de Abril de 2004, ele e Chris Benoit venceram os World Tag Championships. Ele continuou a ajudar Benoit, e a estar lá quando este precisasse dele, mesmo depois deles perderem os títulos. A parceria foi finalizada quando Edge conseguiu mais uma vez vencer o cobiçado Intercontinental Championship.

No Vengeance 2004, Edge derrotou Randy Orton para vencer o Intercontinental Championship. Ele então começou a tornar-se Heel, roubando para continuar com o título e confrontando-se com o seu aliado Chris Jericho. Depois de uma legítima lesão na virilha num combate não televisionado, o então General Manager da RAW, Eric Bischoff, tirou a Edge o Intercontinental Championship acabadinho de ser ganho.

Quando Edge voltou, a sua Gimmick foi mudada para um Heel maluco com vários problemas centrados sobre a sua grande obsessão em obter o muito cobiçado mesmo World Heavyweight Championship. Ele, Benoit e Shawn Michaels receberam uma chance de ser escolhidos pelo público, para ver quem obteria a oportunidade de lutar contra Triple H pelo World Heavyweight Championship, no Taboo Tuesday 2004. Mesmo assim, Shawn Michaels venceu a votação, o que deu aos dois restantes Wrestlers, Edge e Benoit, uma oportunidade de lutarem pelos títulos de equipas. Durante o combate, Edge abandonou o seu parceiro (mas mesmo assim, Benoit conseguiria ganhar os títulos sozinho, sem ajuda) e de seguida interferiu no Main Event, o que custou a Michaels o World Heavyweight Championship, visto que estava prestes a ganhar o título.

Em Dezembro, Edge e Benoit competiram numa Battle Royal para determinar o Nº1 Contender ao títulos Mundial, eliminando-se os dois simultaneamente na conclusão do combate, o que resultou num empate. Devido a isto, o então World Heavyweight Champion, Triple H, foi forçado a defender o seu título numa Triple Threat. No decurso do combate, Benoit prendeu o seu Crippler Crossface, e Edge aproveitou-se disso para pôr os ombros de Benoit no chão para o Pin. O que aconteceu foi um fim bastante estranho, enquanto Edge desistia, o árbitro contava o Pinfall a Benoit. Como resultado disto, o título ficou sem dono na semana seguinte na RAW.

 

Em 2005 e 2006

 Edge teve outra oportunidade pelo World Heavyweight Championship no PPV New Year’s Revolution 2005, num combate bastante esperado, nada mais, nada menos, que uma Elimination Chamber. Edge e o regressado Shawn Michaels (que actuou como o árbitro especial deste combate), renovaram a sua rivalidade quando Michaels aplicou o seu Sweet Chin Music a Edge, como retaliação de um Spear acidental, o que causou que Edge fosse o primeiro eliminado. De seguida, no PPV logo a seguir, a Royal Rumble 2005, ainda nesse mês, Edge conseguiu finalmente derrotar Michaels num combate individual.

Na WrestleMania 21, Edge venceu o primeiro “Money in The Bank” Ladder Match, o que fez com que ele ganhasse uma oportunidade pelo título Mundial que quisesse, desde que utilizasse essa oportunidade em menos de um ano, o que viria a acontecer, como veremos adiante.

Foi durante estes tempos que Edge começou a ser alvo de pesadas críticas, especialmente pela Comunidade de Wrestling On-Line, devido a ter “traído” o seu amigo também Wrestler, Matt Hardy, por ter um caso com a antiga namorada de Hardy por seis anos, Lita. Hardy tinha estado fora de acção por vários meses, devido a uma lesão e pouco depois de recuperar, Lita sofreu a mesma lesão e foi posta fora de acção. Foi durante estes tempos, que, mesmo estando casado, Edge começou a ter um caso com Lita.

Contudo, ou mesmo por causa disto, Edge foi posto com Lita num ângulo em que ela se virou contra o seu “marido” Kane. Na edição da RAW de 11 de Junho de 2005, o Main Event de Edge contra Kane foi interrompido quando Matt Hardy fez uma aparição surpreendente. Esta situação estava já prevista para acontecer, com Hardy a referir-se a Edge com o nome real deste, “Adam”, e tornando-se num problema também para Lita. Quando Matt Hardy foi oficialmente trazido de volta à RAW, ele e Edge continuaram a sua Feud, o que levou a um combate no SummerSlam, onde Edge derrotou Hardy num Hardcore Match, devido a muita perda de sangue de Matt. Edge então derrotou Hardy num “Loser Leaves RAW Money in The Bank” Ladder Match, no WWE Homecoming, o que significou o fim da Feud para sempre, depois da divisão de vitórias e derrotas entre os dois, numa Feud muito equilibrada.

Pouco depois da sua vitória no Homecoming, Edge sofreu uma lesão legítima no músculo do peito, o que o deixou de fora por várias semanas. Durante o seu tempo de fora, ele criou o seu novo segmento de entrevistas, chamado o “Cutting Edge” e proclamou-se a si próprio como o “Rated-R Superstar”. Edge usou o seu Talk Show para começar uma Feud com Ric Flair depois deste ser levado para a esquadra, por culpa de um muito bem publicitado acidente de viação. Edge começou a usar a “Cutting Edge” como uma maneira de chamar Flair ao ringue, e depois de semanas de gozo público, Flair finalmente se mostrou e logo atacou Edge.

Edge e Flair encontraram-se formalmente no New Year’s Revolution 2006, num combate no qual Edge foi desqualificado por utilizar a sua mala enquanto Flair aplicava um Figure-4 Leg Lock a Lita. Mais tarde nessa noite, mesmo assim, depois da Elimination Chamber no Main Event, Vince McMahon apareceu à entrada do ringue, declarando que Cena iria defender o seu WWE Championship (que tinha acabado de reter), mais uma vez. Cena foi forçado a entrar num combate contra Edge, que tinha decidido utilizar o seu contrato do Money in The Bank. Edge derrotou Cena em pouco mais de dois minutos depois de dois Spears (no primeiro, Cena utilizou o seu último pedaço de energia para se safar) para se tornar no novo WWE Champion, mas também num dos poucos Triple Crown Champions na história da WWE.

Numa entrevista conduzida depois do New Year’s Revolution no WWE.com, Edge anunciou que ele e Lita iriam ter sexo em directo mesmo no meio do ringue na Raw da noite seguinte, para celebrarem a sua vitória. Na RAW, Edge e Lita cumpriram com a sua promessa, mas a “festa” foi interrompida por Ric Flair que disse a Edge que este era uma desgraça e um “morto na cama”. Mesmo assim, Flair acabou por receber um Conchairto na mesa de comentadores, até que John Cena apareceu para salvar Flair (e aplicar também um F-U a uma Lita semi-nua para grande surpresa de Edge). O segmento da “Celebração de Sexo em Directo” deu à RAW um Rating de 5.2 e Edge mais tarde iria chamar-se a si próprio como o “campeão da WWE mais visto nos últimos cinco anos” devido aos Ratings bastante elevados que o seu reinado conseguia obter.

Três semanas depois desse dia, na Royal Rumble 2006, Edge perdeu o seu WWE Championship, para Cena, que voltaria a ter o título em sua posse mais uma vez. Ele então perdeu o Rematch numa RAW especial de Quinta-Feira no dia 16 de Fevereiro de 2006. Edge culpou o árbitro especial Mick Foley pela sua derrota, dizendo que ele favoreceu Cena, e aplicando-lhe um Spear. No WWE Saturday Night’s Main Event, Foley teve a usa vingança de Edge, aplicando-lhe um Conchairto. Eles rivalizaram até à WrestleMania 22, onde Edge derrotou Mick Foley num grande Hardcore Match, o que deu a Edge um recorde na WrestleMania de 5-0, a segunda melhor marca na WrestleMania (logo a seguir à marca imbatível de Undertaker, que tem um recorde de 14-0).

Edge iria mais uma vez desafiar John Cena pelo seu título numa Triple Threat Match, que também incluía Triple H, combate esse que acabou por acontecer no Backlash 2006. Cena mais uma vez conseguiria reter o seu título ao efectuar o Pinfall a Triple H.

Depois do Backlash, Edge parecia ir continuar a sua Feud com Mick Foley, e os dois entraram num Triple Threat Hardcore Match; mesmo assim, Foley imediatamente atacou o seu amigo de longa data Tommy Dreamer, com a ajuda de Edge. Então, eles os dois proclamaram que, devido ao seu combate brutal na WrestleMania, eles são os dois verdadeiros Hardcore Champions. A dupla fez equipa contra Tommy Dreamer e Terry Funk, o que levou até ao ECW One Night Stand 2. Nesse PPV, Edge, Foley e Lita derrotaram Dreamer, Funk e Beulah McGillicutty, em mais um brutal “Extreme Rules” Tag Match, outro combate fantástico.

Durante a sua Feud com a ECW, Edge também venceu o lugar de Nº1 Contender ao WWE Championship contra o Big Show na RAW. Como Nº1 Contender, Edge interferiu num WWE Championship entre o campeão John Cena e o outro Nº1 Contender, Rob Van Dam, ajudando este último a vencer o título. Mesmo assim, Edge não conseguiu vencer o título quando ele teve a sua oportunidade no Vengeance 2006.

Duas semanas mais tarde, na edição da RAW de 3 de Julho, Edge fez o Pinfall a Rob Van Dam numa Triple Threat sem desqualificações, depois de atacar John Cena com o cinto, e tornou-se num WWE Champion pela segunda vez na sua carreira. O combate marcou a primeira vez que o WWE Championship mudou de mãos na RAW desde 8 de Outubro de 2001.

Ao vencer o título, Edge reacendeu a sua Feud com John Cena que tinha desde cedo nesse ano, com Edge conseguindo reter o título no SNME (perdendo por desqualificação). Como resultado destas tácticas, Cena pegou em Edge e aplicou-lhe um F-U desde as escadas até à mesa dos comentadores Espanhóis. Um combate foi mais tarde feito para o SummerSlam 2006, onde se Edge fosse desqualificado ele não só perderia o combate, como também o seu título. No combate do SummerSlam, Edge lá conseguiu reter o seu título ao fazer o Pin a Cena depois de lhe dar com uma soqueira na parte de trás da cabeça, enquanto que Lita distraía facilmente o árbitro.

Na noite seguinte na RAW, Lita, com o comando de Edge, mandou o título próprio de John Cena para o Long Island Sound, declarando que era o fim da “era Cena” na sua vida. Depois disso, Edge fez questão de fazer público que ele próprio tinha criado o seu título, mas desta vez era a versão “Rated-R” do título. Mesmo assim, Cena continuou a “chatear” Edge, apenas para interferir no combate deste e levá-lo para fora da arena, dar-lhe uma tareia, e mandá-lo mesmo para dentro do Long Island Sound. Na semana seguinte, Cena apareceu, dizendo que tinha um contrato de três anos com a SmackDown para assinar, se Edge lhe desse mais uma oportunidade pelo título e Cena perdesse. Edge concordou, mas com a condição de ser um Tables, Ladders na Chairs (TLC), e que o combate fosse nada mais, nada menos, que na sua cidade natal de Toronto, no PPV Unforgiven 2006. Nesse evento, ele perdeu o título para Cena depois deste lhe aplicar um F-U para cima de duas mesas que se encontravam montadas em cima uma da outra, e assim retirar o título que se encontrava pendurado.

No episódio da RAW de 2 de Outubro, interferência da D-Generation X (Shawn Michaels e Triple H) custou o combate a Edge, na sua “chance final” de conseguir ganhar o título, numa Steel Cage. Mesmo que a interferência fosse resposta à interferência de Trevor Murdoch e Lance Cade, Edge juntou forças com Randy Orton numa Feud contra a D-Generation X. Edge referiu o facto de ter sido corrido a pontapé dos Evolution e também o facto da DX aparecer muito na TV, como razões para o começo desta Feud. A dupla cedo conseguiu derrotar a DX no Cyber Sunday, devido à ajuda de Eric Bischoff, que era o árbitro especial. A dupla então começou a chamar-se como Rated RKO, e venceu os World Tag Championships a Ric Flair e Roddy Piper, na RAW de 13 de Novembro, o que deu a Edge uma posição de recorde de quem tem mais títulos de equipas, ficando com 12 reinados. O sucesso foi até ao Survivor Series 2006, quando a equipa dos Rated RKO foi fortemente derrotada pela equipa da DX, que lhes ganhou por 5-0, numa grande humilhação.

 

Em 2007

 A Feud com a DX continuou no New Year’s Revolution 2007, onde Edge e Orton foram destruídos pela DX, e o combate acabou como um No Contest. Mesmo assim, Edge e Orton reclamaram a vitória devido a uma lesão legítima de Triple H, que rasgou o seu quadríceps direito depois de um Spine Buster mal efectuado no combate. Para Edge e Orton, isto marcou o fim da DX!

tags:
619 seguido de um Batista Bomb seguido de um cover de bruno-wwe às 21:31
Link do Post | Comentar | Adicionar aos Favoritos

Participar

Participe Neste Blog

Menu

Home
Notícias
TV Shows
Raw
SmackDown
ECW
Pay-Per-View
Inside
Campeões
Superstars
Power 25
Biografias
Info Wrestling
Downloads
Animações
Cartazes Musicais
Antes de Eles Serem Estrelas
Chibis
Puzzles

Contador e Horas

Free Web Site Counter
Free Web Site Counter

Mais Sobre Mim

Publicações

Resultados da ECW - 25/09...

Resultados da Raw - 24/09...

Resultados da SmackDown -...

Resultados da ECW - 18/09...

Resultados da Raw - 17/09...

Campeões

Resultados do Unforgiven ...

Resultados da SmackDown -...

Resultados da ECW - 11/09...

Resultados da Raw - 10/09...

Publicações Mais Antigas

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Setembro 2006

Links

Cbox


Perguntas

Qual a Brand que mais preferes?
SmackDown
Raw
TNA
ECW
  
pollcode.com free polls
Qual e que axas que e a Diva mais sexy da WWE
Ashley
Candice Michelle
Jillian Hall
Kelly Kelly
Kristal
Layla El
Lilian Garcia
Maria
Melina
Michelle McCool
Mickie James
Rebecca
Torrie Wilson
Victoria
  
pollcode.com free polls
Qual axas que era o resultado entre The Great Khali vs. Umaga?
Ganhava: The Great Khali
Ganhava: Umaga
Empate
  
pollcode.com free polls

Forum

online